Parceiro

Type Here to Get Search Results !

A fala daquela que não quer o ministério da Educação

0
A fala daquela que não quer o ministério da Educação

A presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, se tornou um dos nomes mais conhecidos do terceiro setor que investe em educação. 

O instituto tem projetos em 17 Estados, que atingem mais de 1 milhão de crianças. 

Seu nome surgiu entre os cotados para assumir o ministério da Educação do governo Jair Bolsonaro – às vésperas do segundo turno, ela visitou o então candidato e tem mantido contato com ele desde então. Viviane, no entanto, nega ter qualquer interesse no cargo. 

Ela disse ver no novo governo disposição para ouvir propostas e, ao falar sobre uma das principais ideias de Bolsonaro para a educação, o Escola sem Partido, propõe a substituição da “pauta que não impacta a aprendizagem por uma que impacta”.

Desnecessário discutir escola sem Partido

Precisamos de uma agenda que vai resolver o problema do País. Existem dispositivos legais para quando há partidarização, devem ser trabalhados com a lei que já existe. É desnecessário isso, criar mais uma lei. A minha proposta é que se substituísse essa pauta, que não impacta a aprendizagem, para uma pauta que impacta.

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad