Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Defesa de Sara Winter pede adiamento de depoimento na PF

0
Defesa de Sara Winter pede adiamento de depoimento na PFAdvogado disse que o ministro
Alexandre de Moraes cometeu "fake news" ao dizer que deu acesso à investigação aos envolvidos e que ainda não conseguiu os documentos junto ao STF.
A defesa da militante Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, pediu na tarde desta terça-feira (2/6) o adiamento do depoimento dela à Polícia Federal no âmbito do inquérito das fake news, que está no Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar de Sara já ter dito publicamente que não iria depor, os advogados foram à PF fazer a solicitação. O motivo, segundo eles, é a ausência de acesso aos autos da investigação, apesar de já terem ido ao Supremo duas vezes. 

"Não tivemos acesso à integralidade dos autos, diferentemente do que disse o ministro do STF Alexandre de Moraes", afirmou o advogado Bertoni Barbosa de Oliveira. "É fake news", completou o defensor, se referindo às informações prestadas pelo ministro. Na noite da última segunda-feira (1º/6), Moraes publicou em seu Twitter uma mensagem dizendo que "foi autorizado integral conhecimento dos autos aos investigados no inquérito que apura 'fake news', ofensa e ameaças a integrantes do STF, ao estado de direito e à democracia".

Barbosa e a advogada Renata Tavares informaram que conseguiram adiar o depoimento para a data limite do mandado de busca e apreensão emitido na semana passada - ou seja, ela tem até sexta-feira (5/6) para depor. Questionados sobre o fato de Sara já ter dito que não irá depor, Barbosa afirmou que existe uma possibilidade de ela depor e que a cliente pode mudar de opinião. 

"Ela pode ficar em silêncio, é um direito constitucional dela de ficar calada e não produzir provas contra si", disse. 


Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad