". Bom Dia, Verônica nova série da Netflix

Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Bom Dia, Verônica nova série da Netflix

0
Bom Dia, Verônica nova série da Netflix
'Violência de gênero está pautada no poder', diz Camila Morgado, que sofre com abusos do marido em série da Netflix.

Tainá Müller e Eduardo Moscovis completam o elenco de 'Bom Dia, Verônica', que estreia nesta quinta-feira na plataforma de streaming.

A série "Bom Dia, Verônica", que estreia nesta quinta-feira, é o primeiro thriller original brasileiro da Netflix e já chega com o pé na porta. A obra aborda temas como relacionamento abusivo, violência doméstica, sexismo e corrupção policial. Na trama, Tainá Müller vive Verônica, uma escrivã da Delegacia de Homicídios de São Paulo que após presenciar um suicídio resolve ajudar mulheres vítimas de abuso. Ao mesmo tempo, a policial ainda tem que conciliar a carreira com a vida familiar. 
Bom Dia, Verônica nova série da Netflix


"Nesse ponto eu me identifico 100% com a personagem. Quando eu estava fazendo a Verônica, eu estava exatamente nesse momento. Eu tinha um filho de 3 anos, fazia todas aquelas cenas, chegava em casa e tinha que dar o jantar, botar pra dormir. No dia seguinte tinha que estar lá no set, com o texto estudado, pronta para fazer a Verônica, subir no muro, atirar, rolar, dar soco na cara do Du (Moscovis). E acho que essa é uma questão muito contemporânea da mulher, a gente está nesse lugar de deixar de se cobrar tanto. Acho que todas as mulheres estão muito sobrecarregadas", afirma Tainá Müller. 

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Bom Dia, Verônica nova série da Netflix


Intérprete de Janete, uma mulher que sofre com os abusos do marido, Brandão (Eduardo Moscovis), Camila Morgado acredita que a série tem um importante papel de visibilidade e conscientização. "Eu tive muito respeito por viver a vítima. Tive um comprometimento com que ela fosse bem retratada e fosse verossímil. A gente conversou muito sobre os estágios que a vítima passa: o primeiro momento é sempre vergonha. Ela sente culpa, se sente responsável, não entende que aquilo tem nome. Ela acha que é responsável por isso. 
Bom Dia, Verônica nova série da Netflix


O agressor acha que a vítima é propriedade dele, tanto o corpo da vítima assim como seus pensamentos e todo o meio social da vítima é propriedade dele. Violência de gênero é uma violência que está pautada no poder. Então eu quis fazer essa passagem dela (Janete) começar a entender que sofre violência doméstica, que é vítima, que existe um nome para aquilo sim. E o nome é violência doméstica. E portanto ela tem que fazer a denúncia".

Maria Angela de Jesus, diretora de originais brasileiros da Netflix, conta que a produção trabalhou com entidades de apoio à vítimas de violência doméstica. "Nós trabalhamos com organizações locais para passar essa mensagem, mas passar de uma forma responsável, com uma preocupação de trazer o tema sem glamorizar a violência, sem trazer um olhar equivocado sobre isso. Contamos muito com o apoio dessas entidades pra ter responsabilidade no tratamento do assunto. Isso que é importante".



Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad