Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Presidente da Pfizer desmente Pazuello sobre oferta de vacinas em 2020

0

Presidente da Pfizer desmente Pazuello sobre oferta de vacinas em 2020
Ex-ministro da Saúde afirmou que seis milhões de doses foram ofertadas em 2020, com entrega somente em 2021


Carlos Murillopresidente regional da Pfizer na América Latina, desmentiu nesta quinta-feira (13/5) Eduardo Pazuelloex-ministro da Saúde, durante depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPIda COVID, instalada pelo Senado Federal. O executivo afirmou que foram oferecidas até 70 milhões de doses de vacina contra o coronavírus em 2020.
Em 11 de fevereiro deste ano, durante reunião plenária no Senado, Pazuello afirmou que eram somente seis milhões ofertadas pela Pfizer em 2020. Segundo o ex-ministro, a entrega delas aconteceria em 2021. À época, essa versão já havia sido contraposta pela empresa em nota oficial.
CPI da COVID apura possíveis ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia do coronavírus e repasses de verbas a estados e municípios. Os depoimentos tiveram início na última terça-feira (04/5), com Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde.
No dia seguinte, Nelson Teich, sucessor de Mandetta no cargo, depôs. Na última quinta-feira (06/5), foi a vez de Marcelo Queiroga, atual ministro da Saúde, prestar depoimento. Nessa terça-feira (11/5), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, depôs.

Sucessor de Tech e antecessor de Queiroga no Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai depor na próxima quarta-feira (19/5). Inicialmente, ele seria ouvido na última quarta-feira (05/5), mas alegou que estava em isolamento após contato com pessoas com suspeitas de COVID-19.

Já nessa quarta-feira (12/5), Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação do governo federal, foi ouvido pelos senadores.

As reuniões são semipresenciais, e os depoentes são aconselhados a estarem fisicamente na CPI da pandemia. O encontro da CPI com Carlos Murillo é o oitavo desde sua instalação, em 27 de abril deste ano.
 
Confira a agenda completa dos próximos depoimentos na CPI da COVID:

18 de maio – ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo;

19 de maio – ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello;

20 de maio – secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro;

25 de maio – presidente da Fiocruz, Nísia Trindade;

26 de maio – presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas;

27 de maio – presidente da União Química, que tem parceria com a Sputinik V, Castro Marques.

Um blog com notícias selecionadas para você

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad