". Relação de Bolsonaro azeda com Centrão no caso Covaxin

Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Relação de Bolsonaro azeda com Centrão no caso Covaxin

0
Relação de Bolsoanro azeda com Centrão no caso Covaxin
Bolsonaro no caso Covaxin complica relação com Centrão de Ricardo Barros
A apoiadores no Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que tem “confiança nos ministros”, mas que “não tem como saber o que acontece nos ministérios".

No centro da denúncia do suposto esquema de corrupção estão o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) e seu irmão, o chefe da divisão de importação do Ministério da Saúde, Luis Ricardo Miranda.

Os dois foram ouvidos pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado na última sexta-feira (25). Eles são responsáveis por levar as denúncias de irregularidades e pressão para a liberação da importação da vacina Covaxin.

Na comissão, o deputado narrou uma conversa que diz ter tido Bolsonaro, em 20 de março, no momento em que foi entregar a denúncia sobre possível corrupção no governo, relacionada ao contrato da compra da vacina Covaxin.

Na sexta, durante depoimento à CPI da Covid, o deputado Luis Miranda revelou um nome que supostamente estaria envolvido no caso da Covaxin: o deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara dos Deputados, que teria sido citado por Bolsonaro ao ouvir a denúncia.

No domingo (27), em entrevista à Folha de S. Paulo, Luis Miranda disse que o presidente Bolsonaro teria reclamado e se mostrado desapontado novamente com Barros.

"Mais uma desse cara. Eu não aguento mais", teria dito, referindo-se a relação do líder do governo na Câmara dos Deputados com as negociações da compra da vacina indiana Covaxin, segundo o relato do deputado Luis Miranda.

No domingo (27), Barros divulgou uma nota para rebater suspeitas apresentadas na CPI da Covid no Senado sobre a compra da vacina indiana Covaxin. "Fica evidente que não há dados concretos ou mesmo acusações objetivas, inclusive pelas entrevistas dadas no fim de semana pelos próprios irmãos Miranda", afirmou Barros.



Um blog com notícias selecionadas para você

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad