Hot Widget

Type Here to Get Search Results !

Deputados que votaram para soltar Picciani e outros tiveram biografias alteradas

0
Deputados que votaram para soltar Picciani e outros tiveram biografias alteradasDos 39 deputados da Alerj que votaram pela soltura de colegas, 37 tiveram 'biografias' atualizadas na
Wikipedia.

A Wikipédia é a maior enciclopédia virtual do mundo e o sétimo site mais acessado do planeta, de acordo com a Alexa Internet Inc., subsidiária da gigante Amazon que analisa tráfego de dados na grande rede.

 Em um momento em que a internet e as redes sociais ganham propósito eleitoral, a maior parte da Assembleia Legislativa tem um motivo a mais para se preocupar. Dos 39 deputados estaduais que, em novembro, votaram pela soltura de colegas de Parlamento, 37 tiveram suas 'biografias' atualizadas na Wikipédia. Ao fim de cada perfil, foi acrescido o mesmo trecho: "Em 17 de novembro de 2017, votou pela revogação da prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, denunciados na Operação Cadeia Velha, acusados de integrar esquema criminoso que contava com a participação de agentes públicos dos poderes Executivo e do (sic) Legislativo, inclusive do Tribunal de Contas, e de grandes empresários da construção civil e do setor de transporte."

A Wikipédia é a maior enciclopédia virtual do mundo e o sétimo site mais acessado do planeta, de acordo com a Alexa Internet Inc., subsidiária da gigante Amazon que analisa tráfego de dados na grande rede.

Esquema colaborativo

Qualquer internauta pode acrescentar informações na Wikipédia, com links de matérias jornalísticas ou de outros documentos que embasem a publicação.

Mas...

Agora, o que alguns deputados tentam é apagar a última atualização. Ainda não conseguiram.

Os dois poupados

O deputado Marcos Muller (PHS), grafado 'Miller' na Wikipédia, não teve o perfil atualizado. Suplente que assumiu com a saída de Pedro Fernandes (MDB), Fatinha (SD) não tem perfil no site.

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad