Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Professora esquerdista ameaça alunos

0
Professora esquerdista ameaça alunosDocente da Universidade de Pelotas é coordenadora do Laboratório de Estudos Feministas. Em petição ao Ministério Público Federal, comunidade pede exoneração imediata.

Uma professora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) resolveu não só se posicionar politicamente nas redes sociais como ameaçar os próprios alunos. Rejane Barreto Jardim, professora de História Medieval é doutora e coordena o Laboratório de Estudos Feministas do departamento de História da instituição disse, em postagem no Facebook, que os estudantes que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff “serão cobrados com juros pela vida."
"Fascistas têm de morrer, um a um, e me inscrevo para essa missão”, disse a professora, que classificou os alunos como “golpistas” e “grotescos estúpidos”. Segundo ela, a origem de sua revolta está no “ódio de classe”. “Odeio burguês. E você, cuide-se para saber de que lado está”, afirmou.

Confira abaixo as postagens: 


Na segunda-feira, colegas e apoiadores da professora fizeram um ato em sua defesa. Durante a manifestação de apoio, a professora descreveu suas postagens como "irônicas" e criticou quem não conseguiu entender sua verdadeira intenção. As postagens da docente foram apagadas da rede social.

As declarações de Rejane foram encaminhadas ao Ministério Público Federal, que vai apurar o caso e já determinou comunicação ao Instituto de Ciências Humanas e à Reitoria da UFPel para que se manifestassem sobre o comportamento da professora. 

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad