loading...
CNJ abre investigação contra o desembargador Siro Darlan

CNJ abre investigação contra o desembargador Siro Darlan

 O Plenário do Conselho Nacional de Justiça decidiu abrir processo administrativo disciplinar para investigar o desembargador Siro Darlan do Tribunal de Justiça. O magistrado é acusado de libertar um miliciano durante um plantão judiciário noturno. 
Segundo o  Ministério Público há indícios de que o desembargador teria vendido em setembro de 2016 um habeas corpus a Jonas Gonçalves da Silva, um preso que tinha como advogado o filho do magistrado, Renato Darlan. A acusação se sustenta em um acordo de colaboração premiada segundo o qual a liminar teria sido negociada por R$ 50 mil. 

Magistrado é acusado de ter libertado miliciano por R$ 50 mil

Procurado o desembargador afirmou "nada a declarar".

0 Response to "CNJ abre investigação contra o desembargador Siro Darlan"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

loading...

Iklan Tengah Artikel 2

loading...

Iklan Bawah Artikel 600