.
Type Here to Get Search Results !

Grupo cristão Preto no Branco lança clipe sobre homofobia

0
Grupo cristão Preto no Branco lança clipe sobre homofobiaUsar a arte para esse despertar e trazer um impacto direto na vida das pessoas. Esse tem sido o propósito das músicas do grupo cristão Preto no Branco, composto pelo vocalista Clóvis Pinto e o baterista Jean Michel. Em novo clipe intitulado 'Meu lugar é seu amor', lançado na última quarta-feira o ator Guilherme Baptista, que é bissexual, vive um personagem homossexual. Na trama, o protagonista sofre homofobia durante diversas fases da vida, se monta como drag queen e encontra uma pessoa que o oferece a palavra de Deus.
— A ideia do clipe foi trazer um impacto direto na vida das pessoas ao mostrar essa realidade. Não vamos mais fingir que as pessoas LGBT são invisíveis. As pessoas não costumam dar atenção pra isso, até que uma pessoa próxima, como um filho, está trancado no quarto por ser diferente. O clipe traz uma mensagem de como a gente deve agir — diz Clóvis.
Para o vocalista, a mensagem é um alerta a todos os que assistem, sendo cristãos ou não.
— Eu tenho certeza de que as cenas trazem algum impacto, tanto a quem já sofreu alguma violência e se reconheceu ali, tanto para quem pode ajudar nessa situação. É uma proposta para melhorarmos como pessoas e usamos o clipe para despertar a sociedade — completa ele.
Questionado se o clipe traz um certo tipo de gatilho para os que sofreram com homofobia, Clóvis nega relação.
— A partir do momento em que o protagonista do clipe traz uma temática que é também uma experiência de vida dele, não vejo como um algo negativo. Quem se reconhece ali, tanto na figura do opressor quanto na do oprimido, se reconhece de imediato. Já existe uma performance de autoanálise a partir disso. Além disso, o feedback do clipe tem sido super positivo. A gente recebido comentários de muitas pessoas que passam por isso e se sentem representadas ali — explica.
Recorde de visualizações
O grupo Preto no Branco ficou conhecido na internet, em 2015, pela música 'Ninguém explica Deus'. A música foi interpretada junto com a Gabriela Rocha e acumula mais de 450 milhões de visualizações no YouTube. Na rede social, mais de 3 milhões de pessoas acompanham o conteúdo do canal do grupo. No clipe recém-lançado com a temática LGBT, o grupo já alcançou mais de 145 mil visualizações na plataforma.

Um blog sobre: Política, empregos e economia

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad