loading...
Gustavo Schmidt perde o controle do PSL em Niterói

Gustavo Schmidt perde o controle do PSL em Niterói

Gustavo Schmidt perde o controle do PSL em NiteróiO deputado estadual Gustavo Schmidt foi mandado para o cantinho do castigo e perdeu todo o poder que tinha no PSL. O moço, que chegou a conquistar o posto de pré-candidato do partido à Prefeitura de Niterói, não só deixou de ser o aspira, como perdeu o comando do diretório municipal.
Nos registros da Justiça Eleitoral, a legenda na Cidade Sorriso é presidida pelo delegado federal Deuler da Rocha Gonçalves Junior desde o último dia 10. Todos os outros cargos também têm novos ocupantes: os aliados do deputado agora constam como inativos.
Schmidt ficou em maus lençóis com seus colegas depois de ser detido em uma festa durante a quarentena para conter a pandemia de coronavírus — e de se destemperar não só com os agentes que o prenderam, como também com a delegada do caso. Apesar de não ser o primeiro entrevero do moço com as forças de segurança, este foi a gota d'água.
O deputado federal Felício Laterça (PSL), que chegou a disputar o posto de pré-candidato, não economizou nas palavras ao pedir a instauração de um processo por quebra de decoro à comissão de ética da legenda:
"Já se imaginou diante de uma ocorrência como policial e tivesse um parlamentar o ofendendo, agredindo, resistindo à prisão, ou estivesse o ameaçando de medidas não republicanas? Qual seria a sua opinião sobre o partido desse parlamentar, caso não houvesse uma reprimenda firme, ao menos de expulsão? Colocaria na 'conta' da 'velha política' da camaradagem? E os seus eleitores das forças policiais, como veriam a sua conduta se não promover um processo disciplinar capaz de punir o parlamentar com o rigor que a situação merece?", argumenta ele, que indicou a nova diretoria do PSL/Niterói.
A mudança tem efeito imediato sobre o futuro da legenda nas eleições de 2020: as discussões voltaram à estaca zero, e, na mesa, estão tanto o apoio a Bruno Lessa (DEM) como uma candidatura própria. A única certeza é que o partido não embarca, de jeito nenhum, na balsa de Antonio Rayol (Podemos), que tem ao leme o desafeto Carlos Jordy (PSL).
A nominata para a Câmara de Vereadores não será afetada pela alteração no diretório.


Um blog sobre: Política, empregos e economia

0 Response to "Gustavo Schmidt perde o controle do PSL em Niterói"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

loading...

Iklan Tengah Artikel 2

loading...

Iklan Bawah Artikel 600