Como ganhar ou perder uma eleição via redes sociais?

Como ganhar ou perder uma eleição via redes sociais?

Como ganhar ou perder uma eleição via redes sociais?

Nos últimos tempos tenho me debruçado sobre esse tema. Vi o filme Redes do ódio, postei recentemente um resumo da Política Quântica e a direita bandida, e tenho estudado os efeitos positivos e os deletérios das redes sociais.

Três exemplos conhecidos podemos citar: Barack Obama via BlackBerry na época, Trump no Twitter e Bolsonaro. O que os fez alcançar um público tão grande? A conversa direta e franca. Responder e enfrentar o furor ou aplauso das redes sociais.

Vários candidatos nesta eleição estão cometendo um erro primário e grave. Faz um folder bonito com um texto e posta. Mas não interage porque é estático. Raramente responde ou comenta. Não funciona. As redes sociais são cruéis. O usuário sabe que aquilo não é o candidato e o texto nada tem com o mesmo. De que v ale um post bonito, que ninguém curte ou comenta?
Ficar postando "hoje é dia disso ou daquilo", também é outro tiro no pé. Pq? Simples; antes ele (a) não fazia e nem de lembrava disso.

Qual a alternativa correta?

Escolher um tema postar e discorrer sobre o mesmo. Responder aos comentários. Claro nem sempre pode dar para faze-lo, basta ter uma assessoria atenta e hábil. Mas nunca deixar um questionamento sem resposta. Não adianta uma bela imagem ou um belo folder, sem interação.
Concluindo as redes podem alavancar ou derrotar uma candidatura. Bote a cara na reta. Esse é um novo momento da disputa eleitoral. O corpo a corpo e as propostas passam por aqui, até porque estamos convivendo com o distanciamento social.
Alguns vão colher os frutos outros o bagaço.
Macaé, 12 de agosto 2020

#magal2015
Jorge Magalhães


Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

0 Response to "Como ganhar ou perder uma eleição via redes sociais?"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Amazon

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel 600