Justiça manda tirar do ar dados de menina estuprada por tio e exposta por Sara Winter

Justiça manda tirar do ar dados de menina estuprada por tio e exposta por Sara Winter

Justiça manda tirar do ar dados de menina estuprada por tio e exposta por Sara WinterInformações pessoais da garota abusada pelo tio foram divulgadas pela bolsonarista Sara Winter, líder do grupo “300 do Brasil”.


O Google, o Facebook e o Twitter terão 24 horas para retirar as informações pessoais da criança de 10 anos, vítima de violência sexual, divulgadas pela extremista Sara Fernanda Giromini, conhecida como Sara Winter. 

Isso porque a Defensoria Pública do Espírito Santo (DPES) informou ter conseguido, na noite desse domingo (16/8), uma decisão liminar para que as empresas retirem o conteúdo de suas plataformas. 

 “Os dados divulgados causaram ainda mais constrangimento à menina e aos seus familiares”, informou a DPES, em nota. Caso as empresas descumpram a medida, será aplicada uma multa diária de R$ 50 mil. 

 Em cruzada antiaborto, Sara Winter expõe nome de criança vítima de estupro

Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

0 Response to "Justiça manda tirar do ar dados de menina estuprada por tio e exposta por Sara Winter"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Amazon

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel 600