loading...
Witzel usa Lula como argumento para criticar judiciário

Witzel usa Lula como argumento para criticar judiciário

Witzel usa Lula como argumento para criticar judiciário“Eu não sou a favor de Lula nem contra Lula, mas o Supremo Tribunal Federal está chegando à conclusão de que, infelizmente. Sergio Moro foi parcial”. 

A afirmação foi uma forma de dizer que o poder judiciário pode tomar decisões erradas. Witzel nega que seja chefe de um esquema de desvio de dinheiro que deveria ser destinado à saúde do estado.
“Com essa decisão, evitou-se que o ex-presidente Lula disputasse a presidência da República”, lembrou em relação à eleição de 2018, quando Fernando Haddad foi o candidato do Partido dos Trabalhadores.
Para o governador afastado, a subprocurador Lindora Araújo, braço direito de Augusto Aras, tem envolvimento com a família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e, por isso, estaria acusando Witzel injustamente. Wilson Witzel lembrou que Bolsonaro disse querer o controle da Polícia Federal do Rio de Janeiro.
“Eu estou extremamente preocupado com os caminhos pelos quais o nosso país está seguindo. Eu já falei várias vezes: como morrem as democracias? Morrem assim”, disse. O governador afastado do Rio ainda disse que nunca acharão provas contra ele.
“Que provas são essas que alegam que sou chefe uma organização criminosa?”, questionou.


Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

0 Response to "Witzel usa Lula como argumento para criticar judiciário"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

loading...

Iklan Tengah Artikel 2

loading...

Iklan Bawah Artikel 600