loading...
 PF investiga se governo financiou sites com ataques ao Congresso e STF

PF investiga se governo financiou sites com ataques ao Congresso e STF

PF investiga se governo financiou sites com ataques ao Congresso e STF

A Polícia Federal investiga indícios de que o governo de Jair Bolsonaro financiou pessoas e páginas na internet dedicadas à propagação de atos antidemocráticos. 


Um relatório parcial aponta, pela primeira vez, a relação desses atos com o Palácio do Planalto.

O relatório foi produzido no inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a realização dos atos contra a democracia. A Corte foi alvo de ataques de manifestantes dos atos investigados, assim como o Congresso Nacional.

Os indícios chegaram à Polícia Federal por meio da CPMI das Fake News.  A PF apura se a publicidade oficial do governo foi utilizada para direcionar recursos públicos.

No relatório policial, a delegada Denisse Dias Ribeiro afirma que objetivo é saber se integrantes do governo agiram deliberadamente ou por omissão no financiamento das páginas.

A PF aponta ainda “vínculos ainda não esclarecidos” entre manifestantes e o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Em foco: o vereador do Rio Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) disse à PF que não tem relação com a divulgação de mensagens nas redes sociais ou a promoção de atos contra a democracia.


Um blog sobre: Política, empregos , economia e famosos

0 Response to " PF investiga se governo financiou sites com ataques ao Congresso e STF"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

loading...

Iklan Tengah Artikel 2

loading...

Iklan Bawah Artikel 600