Mais um caso de abuso infantil  em Minas Gerais