loading...
Panfleto da campanha de Crivella divulga fake news contra Paes

Panfleto da campanha de Crivella divulga fake news contra Paes

Panfleto da campanha de Crivella divulga fake news contra Paes
 

Papel distribuído afirma que Paes e Freixo estão juntos pela defesa do aborto, legalização das drogas e 'kit gay' nas escolas; candidato chama Crivella de 'pai da mentira', e Freixo diz que prefeito faz 'papel de



delinquente'.

Panfletos distribuídos pela campanha de Marcelo Crivella (Republicanos) afirmam que Eduardo Paes (DEM), adversário do prefeito no segundo turno, e o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) estariam juntos na campanha pela defesa do aborto, da legalização das drogas e do 'kit gay' nas escolas. Furiosos com as mentiras divulgadas no texto, Paes e Freixo foram às redes sociais desmentir os boatos.
A primeira fake news é associar Marcelo Freixo à campanha de Eduardo Paes. Tanto o deputado federal quanto o seu partido, o Psol, já disseram que serão oposição em uma eventual volta do candidato à Prefeitura do Rio. Os filiados do partido de esquerda foram recomendados a votarem em Paes como um 'veto' a Crivella. Em vídeo publicado nas redes, o ex-prefeito explicou. 
"De novo o 'pai da mentira'. Primeiro: o Psol, assim como vários outros partidos, de esquerda, direita, centro, baixo, em cima, recomendou seus filiados a votarem para tirar o Crivella. Mas é importante esclarecer que o Psol não vai ter qualquer participação num eventual governo meu. Nem eles pediram, nem eu ofereci. Eles já afirmaram, inclusive, que farão oposição a mim a Câmara de Vereadores", disse Paes.
Outra mentira divulgada no panfleto é o apoio de Eduardo Paes ao aborto, à legalização das drogas e ao 'kit gay' nas escolas. O boato do 'kit gay' surgiu entre 2011 e 2012, ainda no governo presidencial de Dilma Rousseff. Opositores diziam que o governo federal estaria distribuindo nas escolas públicas um livro que ensinaria a homossexualidade para crianças. O suposto 'kit' nunca existiu.
"Eu sou contra aborto, contra a legalização das drogas e contra essa coisa de ideologia de gênero para crianças nas escolas. Esse tipo de orientação deve partir de dentro de casa, no seio da família, como faço em casa. Durante os oitos anos em que fui prefeito, os kits que eu entregava era de material escolar e uniforme", alfinetou Paes.
Freixo: Crivella faz 'papel de delinquente'
Em live nas redes sociais, o deputado federal Marcelo Freixo afirmou que irá processar Marcelo Crivella contra as mentiras divulgadas. "O prefeito Crivella fez um panfleto com boatos e vai ser processado por isso. Isso não é papel de prefeito, pastor. Isso não é papel de uma pessoa correta. Isso é papel de um delinquente, de um rastejante. Ele fez um panfleto divulgando que eu fiz acordo com Eduardo Paes, e que nós iríamos assumir a secretaria de Educação e, neste acordo, teria pedofilia. Olhem o grau de doença, o grau de marginalidade que tem na cabeça do prefeito do Rio de Janeiro", disse Freixo, revoltado.
Procurada, a campanha do prefeito confirmou que é um panfleto oficial de Crivella, mas negou que o conteúdo seja fake news. "O panfleto é da campanha de Crivella e não é fake news, uma vez que não há nenhuma afirmação sobre ter o kit gay nas escolas, e sim que o aliado de Eduardo Paes é a favor. Vale lembrar que existe, inclusive, uma ação a ser julgada pelo STF sobre a ideologia de gênero nas escolas".



Um blog sobre: Política, empregos , economia, cultura e gente famosa

0 Response to "Panfleto da campanha de Crivella divulga fake news contra Paes"

Postar um comentário

Deixe sua opinião


Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

loading...

Iklan Tengah Artikel 2

loading...

Iklan Bawah Artikel 600