". Caso Henry: mesmo após quarentena na cadeia, Monique Medeiros ficará isolada de outras presas

Parceiro

Type Here to Get Search Results !

Caso Henry: mesmo após quarentena na cadeia, Monique Medeiros ficará isolada de outras presas

0

Caso Henry: mesmo após quarentena na cadeia, Monique Medeiros ficará isolada de outras presas

Segundo informações, a mãe de Henry Borel não foi bem aceita pelas outras detentas.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que Monique Medeiros e Dr. Jairinho precisarão cumprir um período de isolamento de 14 dias antes de terem contato com qualquer outro preso. No entanto, mesmo após cumprir a quarentena, a mãe do menino Henry Borel deverá permanecer isolada, pois não foi bem aceita pelas outras detentas. As informações são do RJTV 1, da TV Globo.
Ainda segundo a Seap, a medida é um procedimento de segurança contra a disseminação do covid-19 e é realizada com todos que ingressam no sistema prisional. Monique foi encaminhada ao Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói.
Monique não poderá receber visitas, exceto os advogados e em salas específicas. A medida também segue as normas sanitárias de enfrentamento à pandemia nos presídios.
De acordo com o RJTV 1, a cela em que a mãe de Henry vai ficar tem seis metros quadrados, um beliche com colchonetes, onde ela poderá guardar produtos de higiene. Em uma das laterais do espaço há uma pia, um vaso sanitário e um chuveiro de água fria.
Dr. Jairinho foi levado para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo de Gericinó.
O casal foi preso por atrapalhar as investigações sobre a morte do menino Henry, filho de Monique. Eles também são investigados por homicídio duplamente qualificado, com tortura e sem chance de defesa para a vítima. Ambos negam as acusações.



Um blog com notícias selecionadas para você

Postar um comentário

0 Comentários

Top Post Ad

Below Post Ad